Dez Modelos de Negócio Emergentes

1 -  Aposte no 'Made by'; é o que dá vantagem competitiva - o ouro está em deter a concepção e a marca. O papel central deste modelo de negócio é especificar as opções de que o consumidor dispõe, marcar os preços, fazer o marketing e dominar o «merchandising»
Regra de ouro: Seja excelente na gestão da cadeia de abastecimentos
Truque: Venda primeiro, mande produzir a outros depois. O produto é 'fabricado' primeiro virtualmente inclusive pelos próprios clientes (o que se chama 'personalizar'), antes de ser produzido ('made in') e/ou montado e entregue fisicamente por uma rede de fornecedores e distribuidores que você dirige


2 -  Crie uma marca-solução, mais do que uma marca-produto.
Regra de ouro: A marca tem de ser vista pelos clientes como um chapéu de soluções para problemas reais que estes sentem

3 -  Monte na Web uma ferramenta de navegação - ela servirá para apoiar os seus clientes potenciais a 'descobrir' com confiança o que procuram (conteúdos, produtos, serviços)
Exemplos fundadores da Web que sobreviveram independentes e fizeram escola: Amazon.com e Yahoo!

4 -  Seja um agregador de conteúdos, de transações, de serviços... de visitantes na Web.
Regra de ouro: O resultado tem de ser mais do que a soma das partes
Truque: Os agregadores de nicho - a que já chamam de «vortais» para diferenciar - poderão vir a ter mais sucesso em termos de fidelização e rentabilidade per capita do que os portais generalistas hoje em moda


5 -  Seja um integrador na Web de produtos «personalizáveis»
Regra de ouro: saiba colocar-se na cabeça dessa cadeia integrada, como o fizeram a Cisco Systems e a Dell Computers nas suas áreas

6 -  Crie um esquema «viral» de comissões
Regra de ouro: Crie algo que se pega como um vírus (neste caso, benigno), que os outros adoptarão como «seu» e difundirão e venderão por si com prazer
Truque: Consolide o interesse dos fãs com um programa de comissões


7 -  Rentabilize o seu «pipeline» - se tem um (como acontece com todas as redes de distribuição: logística, energia, correios, financeira, telecomunicações, nomeadamente)
Regra de ouro: Saiba optimizar a rede que domina e torne-a transparente para o cliente

8 -  Aposte na criação de um mercado (no sentido original do termo) na Web que ponha em contacto a procura e a oferta em tempo real e com preços dinâmicos
A moda emergente: os leilões entre empresas e entre ou para consumidores
O caso mais espantoso: o lançamento de uma Zona de Comércio Livre entre empresas (no caso na área de componentes) a partir do ano 2000 por iniciativa da IBM e da PartMiner (em www.partminer.com)


9 -  Crie uma aliança na Web que funcione como um «clube» em que todos estão em pé de igualdade
Regra de ouro: Ponha a funcionar em grande dimensão o trabalho colaborativo entre parceiros que se revêm nos mesmos objectivos
Truque: Para pertencer a um «clube» com intuitos de rentabilidade tem de se pagar uma quota de entrada e uma comissão por cada transação (o modelo da Visa Internacional foi pioneiro e hoje é olhado como o conceito a seguir na Web pelas alianças com fins lucrativos)


10 -  Lançe um espaço de intermediação que crie confiança e segurança na transação na Web
Regra de ouro: Meta-se no meio da transação
Truque: Crie um território neutral de confiança e imparcialidade; garanta segurança às partes; e acrescente sempre valor à transação

Página Anterior
Canal Temático
Topo da Página
Página Principal