Archive for credit default swaps

You are browsing the archives of credit default swaps.

Italy: on the verge of a political earthquake… on top of an economic crisis

Italy: on the verge of a political earthquake… on top of an economic crisis

A conversation with Fabrizio Goria (Linkiesta). Edition by LISWires/JPO based on an interview of Fabrizio Goria by Jorge Nascimento Rodrigues. Copyright LISWires/Janelanaweb.com.

Países do Default I: Islândia saiu do radar da bancarrota

A “solução islandesa” face ao default voltou a estar em foco dois anos depois, por causa do que ocorreu na Irlanda. O ministro dos Assuntos Económicos e dois economistas falam da justeza de ter deixado os bancos falir. Mas a economia mergulhou numa depressão de onde saiu timidamente neste último trimestre

LEHMAN BROS FINANCIAL PANIC TWO YEARS AFTER

2008 Black September, 15 – 2010 Gray September, 15
No consensus at all about the causes of the Great Recession and regarding a radical reform of the financialization regime to be done. Three analysts in a virtual round table around the globe, from Boston, to Dublin, to Singapore.
A conversation with Economics Editor Marc Coleman, from Dublin, Financial Consultant and author Peter Cohan, from Boston, and David Caploe, Chief Economy Editor from EconomyWatch in Singapore.

Cinzia Alcidi: “The blanket of guaranties required is too big for many countries”

Euro Zone Sovereign Debt Crisis: Part 2? – an interview with Cinzia Alcidi, Research Fellow from the Centre for European Policy Studies (CEPS), based in Brussels.
JNR© 2010

RADIOGRAFIA LUSA A PRETO E BRANCO: Os calcanhares de Aquiles

Apesar do pico da crise da dívida portuguesa ter sido em Maio e já estar, para alguns mais optimistas, nas brumas da memória, os indicadores fundamentais da situação externa do país continuam os mesmos. O nervosismo especulativo dos investidores internacionais pode ter abrandado ligeiramente com o verão e desviado o foco de Portugal para a Irlanda, mas os desafios estruturais permanecem. Neste artigo, publicado originalmente na revista portuguesa Exame (na edição de Agosto de 2010), apresentamos um painel de bordo dos principais pontos fracos no final de 2009.

Mesa Redonda sobre a reforma de Wall Street: nota negativa

Quatro analistas internacionais dão nota negativa à finreg (regulação financeira) americana, nem mesmo um “B”, como Paul Volcker, um dos inspiradores da equipa Obama, ele próprio desiludido. Alguns buracos da nova lei Dodd-Frank, assinada pelo presidente norte-americano a 21 de Julho, dariam para que um Boeing 747 passasse por eles, ironiza um dos entrevistados.
© JNR, janelanaweb.com, 2010.

ENSAIOS SOBRE A CRISE – V: Uma bancarrota nunca vem só – defaults juntam-se em cachos

Os incumprimentos (default) de dívida soberana tendem a agrupar-se como num cacho de uvas. Os especialistas falam de um padrão histórico de “clusterização” destas situações nos últimos duzentos anos após grandes recessões globais (como as dos anos 1800 e 1930) ou crises pluricontinentais (como as dos anos 1980 e 1990). Esse risco renasceu agora com esta Grande Recessão. Com as probabilidades de default agora a descerem acentuadamente para os PIGS, depois do mais recente pico a 20 de Julho, o tema pode ser bizarro. Pode parecer a memorabilia. Mas convém não o empurrar para baixo do tapete.

“Euro: uma missão difícil, mas não impossível” (Bill Witherell)

A Grécia foi ao mercado “testar” a confiança e sofreu um agravamento da probabilidade de bancarrota do país. Juntou-se a Irlanda, o ex-tigre celta, que viu, também, disparar o seu risco, ultrapassando o português. A zona euro sofreu novas ondas de choque aqui analisadas por Bill Witherell, economista-chefe da Cumberland Advisors. Estará o euro em “morte lenta”?

THE FATE OF GREECE – INSIGHTS FROM ATHENS

“The end of an era or the model of doing things Greek style has no future. Put bluntly, the Greece of yesteryear is bankrupt.”
A conversation with Jens Bastian, economist at ELIAMEP, Athens.