Archive for Nasdaq

You are browsing the archives of Nasdaq.

Balanço do ano de 2015 – compacto de artigos no Expresso online

Balanço do ano de 2015 – compacto de artigos no Expresso online
Jorge Nascimento Rodrigues ©,2015

Steven Jobs (1955 – 2011) – o ícone do Silicon Valley

Steven Jobs (1955 - 2011) - o ícone do Silicon Valley

Fundador da Apple faleceu dia 5 de outubro, no momento de auge da empresa fundada no Silicon Valley em 1976 numa típica garagem. Durante a recente derrocada bolsista, a Apple chegou a estar em nº1 na capitalização bolsista nos EUA. TEXTO Jorge Nascimento Rodrigues com análise de Peter Cohan. Ilustração de PAULO BUCHINHO.

As tecnológicas que resistem à derrocada bolsista – the crash-proof companies

THE CRASH-PROOF HIGH TECH COMPANIES – Apesar de duas crises bolsistas desde março de 2000, as tecnológicas mostraram resiliência na última década e catapultaram uma das filhas do Nasdaq, a Apple, para a liderança da capitalização bolsista nos Estados Unidos, destronando a Exxon dos petróleos.
(Balanço Histórico nas vésperas do 3º aniversário do momento Lehman)

Entrevistas sobre el futuro I : “Necesitamos una nueva revolución Tecnológica “(Peter Cohan)

Entrevistas sobre el futuro I :

Peter Cohan, en una entrevista, es pesimista acerca de las exageraciones que se pintan sobre algunos sectores tecnológicos que han llegado a ponerse de moda, pero le recomienda que siga cuidadosamente las tres tendencias (y una cuarta, que cree que, irónicamente, sólo es media tendencia, a pesar de ser una de las más sexy).
Entrevista por Jorge Nascimento Rodrigues, 2010
Edición Pedro Loupa, Adventus Group, Madrid

Entrevistas sobre o futuro: I: “Necessitamos de uma nova revolução tecnológica” (Peter Cohan)

Mas não se vislumbra claramente que setores surgirão como líderes. Depois da estagflação dos anos 1970, a alta tecnologia ligada à computação apareceu em força a mudar a economia mundial e mesmo a globalização das relações. Agora, há muita especulação sobre o que vem a seguir. Mas, diz o analista de Boston, há muita parra, mas pouca uva.
Entrevista com Peter Cohan (c) Janelanaweb.com, 2010

Nos dez anos do crash do Nasdaq: A história surpreendente de duas bolhas

Com a aproximação do aniversário do crash do Nasdaq a 11 de Março de 2000 exige-se uma reflexão sobre o comportamento da “exuberância irracional” nos mercados financeiros nesta última década. Como foi possível que, em menos de uma geração, se vivessem entusiasticamente duas bolhas (sempre com a ideia de que “desta vez é diferente”) e se sofressem dois crashs (sempre nos apanhando de surpresa)? Corresponderá esta dupla-bolha e duplo-crash a um padrão histórico que inclusive terá mais prendas na sua longa cauda? Eis a questão bilionária que fica por responder. A investigadora Carlota Perez, de Cambridge, no Reino Unido, ajuda-nos a compreender o que se passou.

Há 10 anos, a Janela na Web alertava para o risco de crash no Nasdaq

Janelanaweb alertou há 10 anos para o risco de crash do Nasdaq, que viria a ocorrer, depois, com uma dupla assinatura em Março e Abril de 2000.

Wall Street à procura de nova ‘bolha’

As energias alternativas pareciam ser o melhor candidato para reanimar as bolsas, mas o analista Eric Janszen está, agora, pessimista, depois de ter levantado a hipótese. Continua-se à procura de candidato para animar o sector financeiro.