Archive for Obama

You are browsing the archives of Obama.

Niall Ferguson: “Se tiver de escolher entre a desigualdade e uma guerra mundial, provavelmente optarei pela desigualdade”

Parte de uma conversa com o polémico historiador britânico inserida numa entrevista realizada com o jornalista João Silvestre e publicada no diário digital e na edição semanal do Expresso, semanário português.

(c) Jorge Nascimento Rodrigues, abril 2014

A saga americana do shutdown ao adiamento do default — III (de 13 a 18 outubro)

Finalmente, o mundo suspirou de alívio. A bancarrota norte-americana foi evitada. Mas a questão do financiamento federal e do aumento do teto da dívida foi adiada para o 1º trimestre de 2014. Risco adiado, não eliminado. (c)JNR 2013

América corre o risco de um default “por uns dias” em agosto

Os chineses e as agências de notação Fitch e Moody’s zangaram-se com o Congresso americano. Se o limite de endividamento dos EUA não for aumentado, 30 mil milhões de dólares de títulos do Tesouro que vencem a 4 de agosto podem estar em maus lençóis.

Nem G20, nem G2 – o mundo está entregue a um G-Zero, diz Ian Bremmer

Nem G20, nem G2 - o mundo está entregue a um G-Zero, diz Ian Bremmer

Uma entrevista com Ian Bremmer, um dos analistas que provocou a ira dos VIP em Davos este ano. Acha que o mundo tem um “vazio” derivado do declínio dos Estados Unidos como superpotência e da China não querer assumir o papel de parceiro na “gestão” do mundo.

LEHMAN BROS FINANCIAL PANIC TWO YEARS AFTER

2008 Black September, 15 – 2010 Gray September, 15
No consensus at all about the causes of the Great Recession and regarding a radical reform of the financialization regime to be done. Three analysts in a virtual round table around the globe, from Boston, to Dublin, to Singapore.
A conversation with Economics Editor Marc Coleman, from Dublin, Financial Consultant and author Peter Cohan, from Boston, and David Caploe, Chief Economy Editor from EconomyWatch in Singapore.

Mesa Redonda sobre a reforma de Wall Street: nota negativa

Quatro analistas internacionais dão nota negativa à finreg (regulação financeira) americana, nem mesmo um “B”, como Paul Volcker, um dos inspiradores da equipa Obama, ele próprio desiludido. Alguns buracos da nova lei Dodd-Frank, assinada pelo presidente norte-americano a 21 de Julho, dariam para que um Boeing 747 passasse por eles, ironiza um dos entrevistados.
© JNR, janelanaweb.com, 2010.

O fim do século americano

Um livro publicado nos Estados Unidos afirma que a geopolítica entrou numa fase de transição. Paul Starobin, o autor, intitulou a obra sugestivamente: After America. Passaram 68 anos desde que o editor Henry Luce proclamou o “século americano” num editorial da revista Life, por ele fundada.

A hora do «smart power»

Exercer o poder mundial de um modo inteligente no plano económico e geopolítico é a nova «buzzword» da Administração Obama. A Secretária de Estado, Hillary Clinton, não se cansou de repetir o conceito na sua audição no Senado há umas semanas atrás. Pelo menos dez vezes, dizem os relatos. «Smart Power» é uma estratégia criada pelo professor de Harvard Joseph Nye e por Suzanne Nossel, actualmente directora do Human Rights Watch.