Archive for Peter Cohan

You are browsing the archives of Peter Cohan.

As tecnológicas que resistem à derrocada bolsista – the crash-proof companies

THE CRASH-PROOF HIGH TECH COMPANIES – Apesar de duas crises bolsistas desde março de 2000, as tecnológicas mostraram resiliência na última década e catapultaram uma das filhas do Nasdaq, a Apple, para a liderança da capitalização bolsista nos Estados Unidos, destronando a Exxon dos petróleos.
(Balanço Histórico nas vésperas do 3º aniversário do momento Lehman)

World economy: a perfect storm in August?

The summer storm may not even come to form. But the ingredients are all present in the soup. The first ingredient appears on the other side of the world, Asia, and has to do, strangely, with… the price of pork in China.
@2011, Jorge Nascimento Rodrigues

English Edition by JPO, LISWIRES.com
http://liswires.com/archives/590

América corre o risco de um default “por uns dias” em agosto

Os chineses e as agências de notação Fitch e Moody’s zangaram-se com o Congresso americano. Se o limite de endividamento dos EUA não for aumentado, 30 mil milhões de dólares de títulos do Tesouro que vencem a 4 de agosto podem estar em maus lençóis.

S&P downgrading of the US credit outlook: A discussion with Peter Cohan and David Caploe

TONIGHT FOCUS: S&P downgrades US outlook from stable to negative. Quite a shock.
Copyright JNR, 2011

Rating Agencies: diversification or changing the rules and the business model?

A virtual round table about the rating agencies was edited by Janelanaweb.com, listening in separate interviews to William White, former Head of the Monetary and Economic Department from May 1995 to June 2008 of the Bank for International Settlements and based in Basel, Bertrand Candelon, professor at Maastricht University School of Business and Economics, located in Netherlands, Franck Biancheri, leader of the Newropeans and research coordinator of the french forecasting consulting company LEAP in Paris, and Peter Cohan, professor at Babson College, blogger and analyst based in Boston.

Entrevistas sobre el futuro I : “Necesitamos una nueva revolución Tecnológica “(Peter Cohan)

Entrevistas sobre el futuro I :

Peter Cohan, en una entrevista, es pesimista acerca de las exageraciones que se pintan sobre algunos sectores tecnológicos que han llegado a ponerse de moda, pero le recomienda que siga cuidadosamente las tres tendencias (y una cuarta, que cree que, irónicamente, sólo es media tendencia, a pesar de ser una de las más sexy).
Entrevista por Jorge Nascimento Rodrigues, 2010
Edición Pedro Loupa, Adventus Group, Madrid

Entrevistas sobre o futuro: I: “Necessitamos de uma nova revolução tecnológica” (Peter Cohan)

Mas não se vislumbra claramente que setores surgirão como líderes. Depois da estagflação dos anos 1970, a alta tecnologia ligada à computação apareceu em força a mudar a economia mundial e mesmo a globalização das relações. Agora, há muita especulação sobre o que vem a seguir. Mas, diz o analista de Boston, há muita parra, mas pouca uva.
Entrevista com Peter Cohan (c) Janelanaweb.com, 2010

Países do Default I: Islândia saiu do radar da bancarrota

A “solução islandesa” face ao default voltou a estar em foco dois anos depois, por causa do que ocorreu na Irlanda. O ministro dos Assuntos Económicos e dois economistas falam da justeza de ter deixado os bancos falir. Mas a economia mergulhou numa depressão de onde saiu timidamente neste último trimestre

LEHMAN BROS FINANCIAL PANIC TWO YEARS AFTER

2008 Black September, 15 – 2010 Gray September, 15
No consensus at all about the causes of the Great Recession and regarding a radical reform of the financialization regime to be done. Three analysts in a virtual round table around the globe, from Boston, to Dublin, to Singapore.
A conversation with Economics Editor Marc Coleman, from Dublin, Financial Consultant and author Peter Cohan, from Boston, and David Caploe, Chief Economy Editor from EconomyWatch in Singapore.

Mesa Redonda sobre a reforma de Wall Street: nota negativa

Quatro analistas internacionais dão nota negativa à finreg (regulação financeira) americana, nem mesmo um “B”, como Paul Volcker, um dos inspiradores da equipa Obama, ele próprio desiludido. Alguns buracos da nova lei Dodd-Frank, assinada pelo presidente norte-americano a 21 de Julho, dariam para que um Boeing 747 passasse por eles, ironiza um dos entrevistados.
© JNR, janelanaweb.com, 2010.