Archive for Wall Street

You are browsing the archives of Wall Street.

A saga americana do shutdown ao risco de default — I (20 set a 4 de out)

Primeiro bloco de artigos desde 20 de setembro a 4 de outubro, cobrindo também a primeira semana do shutdown. (Publicados originalmente na edição online do Expresso, semanário português).

Mesa Redonda sobre a reforma de Wall Street: nota negativa

Quatro analistas internacionais dão nota negativa à finreg (regulação financeira) americana, nem mesmo um “B”, como Paul Volcker, um dos inspiradores da equipa Obama, ele próprio desiludido. Alguns buracos da nova lei Dodd-Frank, assinada pelo presidente norte-americano a 21 de Julho, dariam para que um Boeing 747 passasse por eles, ironiza um dos entrevistados.
© JNR, janelanaweb.com, 2010.

Retratos de Personagens das Crises: I – J.P. Morgan, o banqueiro sem sono de Wall Street

A Grande Recessão mundial de 1907 e 1908 teve um protagonista. O comandante em chefe da gestão desta primeira crise do século XX foi o magnata americano J.P.Morgan, Pierpont para os íntimos. Uma crise e um líder recordados por Robert Bruner, reitor da escola de negócios da Universidade da Virginia, nos Estados Unidos.
[Aviso: Texto Longo]
[Adaptação de versão original publicada na edição de Junho 2010 da revista portuguesa EXAME]

SEC vs. Goldman: A symbolic strike to press the fat cats (David Caploe)

David Caploe, editor of EconomyWatch, of Singapore, about the first civil action from American regulators against a Wall Stret deal evolving “synthetic” financial vehicles.

Financial Reform: Is the Volcker Plan Missing the Target ?

Financial Reform: Is the Volcker Plan Missing the Target ?

Former Federal Reserve (Fed) Chief Paul Volcker’s so called Financial Reform Plan, released after President Obama’s speech decrying ‘fat cats’ on Wall Street, could be one of the most important prescriptions for the post-financial crisis. Its in/correctness and/or in/efficiency may well be critical for reform of the entire global financial system. Unfortunately, the plan of the former Fed head seems to be either lacking key elements, or is insufficient as currently constituted. We interview two of today’s most important economics bloggers, University of Oregon Economics Professor Mark Thoma, editor of Economist’s View, and Dr. David Caploe, Chief Political Economist of the Singapore-based EconomyWatch.com, who holds a Ph.D. in International Political Economy from Princeton.

Efeméride: 80 anos da Grande Depressão

Foram 11 dias que abalaram o mundo a partir do epicentro de Wall Street em Nova Iorque. Continua a polémica sobre as suas causas. O melhor livro sobre o pânico daquela semana e meia continua a ser o de John Kenneth Galbraith.

Analyst Peter Cohan on the zombies’crisis: «I would suggest use taxpayer money to create new banks»

Peter Cohan, head of Peter S. Cohan & Associates, a management consulting and venture capital firm, based in the Boston area, doubts about the efficiency of the present financial US Federal strategy and thinks Uncle Sam would do better if helping the zombies die a good death.

A solução é a eutanásia da economia fictícia

O historiador económico Michael Hudson foi a Keynes repescar a ideia de que a solução é ir à raiz dos problemas, a economia de rendas, algo que o grande economista julgava transitório mas que se transformou num sistema que vive de uma pirâmide artificial que vale hoje 8 vezes a economia real mundial

The medicine suggested by Keynes: Euthanasia of the ‘rentier’ system

An interview with Michael Hudson about the financial and economic crisis: «Bankruptcy seems to be the indicated way to wipe it out. Governments are postponing this resolution by bailing out creditors – not debtors.»

Volatilidade é maior hoje do que no «crash» de 1929/32

Em pouco mais de 1/3 dos dias que demorou a crise na Wall Street no período da Grande Depressão, as variações extremas do índice Dow Jones são hoje mais frequentes no decurso do actual «crash» que se iniciou em Outubro do ano passado. Um estudo do analista Mark J. Lundeen mostra que a volatilidade está a atingir níveis historicamente jamais vividos