Competitividade

Temos nova crise financeira daqui a 9 meses — diz Arturo Bris (IMD)

Temos nova crise financeira daqui a 9 meses -- diz Arturo Bris (IMD)

Quem o diz é o académico espanhol Arturo Bris, atual diretor do World Competitiveness Center e professor do IMD na Suíça (c) JNR, 2014

Portugal deveria participar no Banco Asiático de Investimento liderado pela China

Lisboa deveria tomar a dianteira na resposta ao convite para participar no Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas, afirma o especialista Enrique Galán, do Banco Asiático de Desenvolvimento e editor do blogue “O Retorno da Ásia”.

A retoma está a ser longa de mais nos Estados Unidos — um estudo de Fatás e Mihov (INSEAD)

A recuperação dos estragos da crise está a ser mais demorada do que em casos anteriores adiando a plena expansão da economia norte-americana, dizem dois académicos do INSEAD. (c)JNR, 2013

Guerra de divisas pode dominar G20 de 15 e 16 de fevereiro 2013

Os ministros das Finanças e banqueiros centrais do grupo de 20 principais economias do mundo vão reunir-se a 15 e 16 de fevereiro em Moscovo. A “guerra de divisas” estará na agenda, depois das mais recentes decisões de Shinzo Abe no Japão, e da intervenção de François Hollande sobre o euro no Parlamento europeu esta semana. BCE, pela primeira vez, refere o tema das taxas de câmbio na comunicação de balanço da reunião do conselho de governadores. (a)JNR, 2013

O erro do FMI abalou a confiança nos “ajustamentos” — Anis Chowdhury

O erro do FMI abalou a confiança nos

Anisuzzaman Chowdhury, professor de Economia da Universidade de Sidney Ocidental, Austrália, afirma que “a probabilidade de sucesso de um programa de ajustamento é de 19% dos casos ocorridos desde 1970 nos países da OCDE”. A “austeridade expansionista” é controversa e o erro do multiplicador foi grave.
Entrevista por Jorge Nascimento Rodrigues
(c)JNR 2013

Caso II visto pelo FMI: 4 cenários para Portugal até 2030 (crescimento medíocre e desemprego estrutural elevado)

Uma equipa do Fundo Monetário Internacional divulgou ontem um relatório sobre a economia portuguesa em que considera que “mais crescimento é um assunto de urgência”. Aponta quatro cenários até 2030. O hiato do produto, a produtividade e o desemprego estrutural são problemas críticos. Análise de um relatório de uma equipa do FMI publicado em 18 de janeiro de 2013. (Country Report 13/19)
(c) JNR, 2013

Os enviesamentos — o da “Economia Política” portuguesa e os do FMI

Na mesma semana, o Fundo Monetário Internacional criticou os “enviesamentos da Economia Política” portuguesa e um académico exquadro superior do FMI colocou a nu três erros graves do Fundo perante esta crise.
(c) JNR, 2012

Dossiê BRICS: Da Cimeira em Nova Deli à relação de forças no FMI e Banco Mundial

Realizou-se dia 29 de março de 2012 na capital da Índia a 4ª cimeira das cinco principais potências emergentes. Economistas dos cinco países envolvidos comentam as expetativas em torno do encontro e depois o seu balanço. Um plano de ação foi aprovado pela primeira vez. Não é, ainda, o momento de macrodecisão do grupo, mas para lá se caminha.

“A great war of algorithms is already under way” – scientist Neil Johnson

Topic: High frequency trading and the future of financial systems. A conversation with physicist Neil Johnson, professor at the University of Miami, about the HFT reality.
INTERVIEW by Jorge Nascimento Rodrigues © 2012

“Espanha não será resgatada” — diz Rafael Pampillón (Instituto de Empresa)

Rafael Pampillón, professor do Instituto de Empresa, de Madrid, admite que o processo grego poderá ter um efeito dominó na zona euro e que na Europa “tem faltado liderança e capacidade de decisão”, mas acha que Espanha dará a volta e que isso é bom para os equilíbrios na zona euro.

Entrevista por Jorge Nascimento Rodrigues (c) 2012